Marcos Aragão sugere compra através de privado

Se um grupo adquirir o espólio, depois pode vender pelo mesmo preço, diz

12 Set 2019 / 02:00 H.

Marcos Aragão entende que a “única solução” para manter o negócio da compra do espólio do pai, António Aragão, é o Governo Regional “interceder junto de um grupo económico de relevo que tenha actuação pela Cultura da Madeira - como é, por exemplo, o caso do Grupo Sousa - para que este adquira o espólio antes do próximo dia 22”, escreveu o herdeiro em email enviado na terça-feira...

Outras Notícias