Jardim está preso
a uma fundação polémica

Tribunal recusa tentativa do ex-presidente para se afastar do Lar do Porto Moniz

16 Jul 2019 / 02:00 H.

Foi “com muito gosto” que Alberto João Jardim aceitou, há 12 anos, ser um dos quatro fundadores da instituição criada para gerir o lar do Porto Moniz, mas foi com proporcional desgosto que há um mês recebeu um acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa que conclui que o ex-governante não pode se livrar facilmente do cargo e das responsabilidades que assumiu naquela entidade. E é um...

Outras Notícias