Homicídio de madeirense com motivo por esclarecer

Sintra /
13 Jun 2019 / 02:00 H.

O militar dos Comandos acusado de matar o jovem militar madeirense Luís Teles com uma G-3, no Quartel da Carregueira, Sintra, a 21 de Setembro de 2018, não esclareceu na investigação por que motivo cometeu o crime. Segundo o despacho de acusação do Ministério Público, o arguido Deisom Camará, que está em prisão preventiva, conheceu a vítima Luís Teles no Curso de Comandos, em Novembro...