Eutanásia, a eterna discórdia

‘Provocação da morte antecipada’ como ‘remédio’ para evitar o sofrimento intolerável numa situação irreversível e fatal continua a dividir opiniões

14 Fev 2020 / 02:00 H.

A questão da eutanásia em Portugal está longe de convergir vontades, mesmo depois de já vir a ser discutida há alguns anos e alvo de ante-projectos, sugestões de referendos e petições. Cá como lá, divide opiniões.

Tendencialmente a favor que se despenalize e legalize certos casos de morte a pedido, para o psicólogo Renato Gomes Carvalho “a morte medicamente assistida é discutida...