‘Crescer com Protecção’ em C.ª de Lobos

CPCJ de Câmara de Lobos assinala 30 Anos da Convenção sobre os Direitos da Criança

16 Nov 2019 / 02:00 H.

Para assinalar o 30.º Aniversário da Convenção dos Direitos da Criança, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Câmara de Lobos irá promover a ‘Semana dos 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança’.

O fórum, que arranca pelas 9 horas, está dividido em quatro painéis, que abordaram as seguintes questões: ‘Comportamentos de perigo na Infância e Juventude’, ‘Parentalidade Real – A tentativa/erro na construção de uma história afectiva efectiva’, ‘Atribuições do Ministério Público na Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e Jovem’ e ‘O Direito da Criança a Crescer com Protecção – Desafios à qualidade da intervenção preventiva e reparadora’.

Na parte da tarde, haverá ainda espaço para uma mesa redonda, sobre o ‘Diálogo entre Entidades com Competência em Matéria de Infância e Juventude e suas competências’, moderado pelo Director da Unidade Operacional de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, Nelson Carvalho.

O encerramento está previsto para as 17h30. A entrada é livre, mas está sujeita a inscrição online.

De referir que esta iniciativa enquadra-se no Plano Local de Promoção dos Direitos e Protecção de Crianças e Jovens de Câmara de Lobos, implementado durante o triénio 2017-2019, e cujos “três grandes eixos fundamentais” passam por “informar a comunidade sobre os direitos das crianças/jovens, incentivar a colaboração e articulação na intervenção das situações de perigo e intervir junto das crianças e jovens do concelho de Câmara de Lobos”, sublinha a CPCJ.

Paralelamente, no âmbito desta ‘Semana dos 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança’, a Comissão convidou a artista infantil ‘Vanusca e as amigas da pequenada’ para desenvolver uma animação artística alusiva aos direitos das crianças, que será apresentada em três escolas do 1.º ciclo do concelho, nos dias 18, 21 e 22 de Novembro.

No dia 20 de Novembro, será ainda ministrada uma formação destinada aos técnicos da CPCJ, a cargo da professora universitária e psicóloga forense, Rute Agulhas.

Outras Notícias