Construtor julgado por derrocada de muros

Muros ruíram em Novembro de 2012 e detritos podiam atingir pessoas na zona do Castelejo

14 Fev 2020 / 02:00 H.

O sócio-gerente da empresa ‘Obraeficaz’ começou a ser julgado, ontem, no Juízo Central Criminal do Funchal, pelo crime de infracção de regras de construção. É acusado pelo Ministério Público de ser o principal responsável pela má execução de três muros de contenção de terrenos agrícolas que acabaram por ruir a 26 de Novembro de 2012. As terras, pedras e detritos da construção caíram...