Baptismo de voo para bebés com um ano

Tap ofereceu viagem aos bebés que nasceram no dia da mãe do ano passado

07 Mai 2018 / 02:00 H.

A ideia surgiu no ano passado: os primeiros bebés no Dia da Mãe de 2017, nascidos em vários pontos do país, ganhavam um baptismo de voo com destino à Madeira, no mesmo dia do ano seguinte. A promessa cumpriu-se e, ontem, o primeiro avião da TAP pisou a pista do aeroporto regional pelas 8 horas, seguido de outra aeronave que aterrou em solo madeirense pelas 9h15. Lá dentro, dez mães, acompanhadas pelos companheiros e, claro, pelos bebés, preparavam-se para usufruir de um fim-de-semana recheado com experiências típicas, em parceria com a Associação de Promoção da Madeira.

Recebidas com uma operação de charme no Aeroporto da Madeira, e depois de arrumarem a bagagem no hotel, as famílias seguiram para uma visita ao centro de Câmara de Lobos. O passeio abriu o apetite e seguiram para o próximo ‘check-point’, marcado no restaurante O Lagar, para provarem espetada e outras iguarias tradicionais da ilha.

Para empurrar a digestão, a organização planeara uma visita ao Jardim Botânico, com direito a uma aula de yoga para bebés, mas o clima de ontem obrigou a uma reviravolta na agenda. Conhecer as plantas e árvores exóticas ficará para outra eventual visita e a aula aconteceu no resguardo do hotel, para delícia (e divertimento, sim também, houve) das famílias. O resto da tarde ficou livre para actividades - entre as quais o descanso, escolhido pela maior parte dos pais (e dos bebés ensonados). Ao início da noite, rumaram ao restaurante do hotel Pestana Royal para degustar a ementa do cinco estrelas madeirense.

Mas as surpresas não acabaram aqui. Hoje, depois de uma manhã livre para aproveitarem a piscina interior, a sauna, o jacuzzi ou ginásio da unidade hoteleira, a tarde é preenchida com o ‘Madeira Cook Experience’. A iniciativa arranca com uma visita ao Mercado dos Lavradores, dos locais mais requisitados por turistas curiosos, e continua nos Armazéns do Mercado. Ali, mães e pais põem a mão na massa e também participam na confecção do almoço. É nesta altura que se dá o corte do cordão umbilical e, já com o estômago confortado, os bebés seguem para o Museu do Brinquedo para participar em actividade ludo-pedagógicas.

Esta noite, as famílias já terão regressado a casa com nova experiência e, espera a organização, com novos planos para uma visita mais longa na ilha: “Esta acção, em parceria estratégica com a Associação de Promoção da Madeira, demonstra bem o potencial do destino para o segmento Famílias, em Portugal, mercado de proximidade a apenas 1h30 de distância do Continente”, diz fonte da TAP em comunicado.

Já Roberto Santa Clara, director executivo da APM, recorda que “a parceria entre a Associação de Promoção e a TAP , que remonta há muitos anos, é levada a cabo em vários mercados e diferentes momentos do ano , em vários formatos de comunicação , sejam eles online, off line ou em acções de activação de consumidor como é o exemplo desta acção para o mercado português”.

Sobre esta actividade em particular, Roberto Santa Clara diz que “visa essencialmente potenciar a Madeira como um destino excelente para famílias e de proximidade. Estamos certos de que este baptismo de voo com destino à Madeira ficará para sempre na memória destas famílias que terão gosto em voltar a visitar-nos. Esperemos ter conquistado mais clientes do mercado português”, acrescenta ainda.

No ano passado, recorde-se, as mães dos bebés que nasceram neste dia nas ilhas, também foram contempladas. Na região, a sorte saiu a uma família portossantense, nos Açores a uma oriunda da Terceira. O prémio das famílias insulares é , claro, uma rota contrária. O fim-de-semana no Continente para as famílias das regiões autónomas ainda não tem data fechada.

Outras Notícias