Abuso de confiança fiscal no Atalaia

Secretário da Educação é uma das testemunhas. Deverá depor por escrito

15 Fev 2020 / 02:00 H.

Deodato Rodrigues, o antigo presidente da instituição de solidariedade Oceanos, que geria o lar Atalaia Living Care, começa a ser julgado dentro de uma semana, no tribunal de Santa Cruz, pelo crime de abuso de confiança fiscal. Em causa está um valor de 22.638 euros que não foi entregue à Autoridade Tributária.

Na origem deste caso está um pagamento de 90.554 euros que a Oceanos...