“A saúde está sempre em primeiro lugar”

Marcos Freitas também fala sobre um possível adiamento dos jogos olímpicos

Omã /
19 Mar 2020 / 02:00 H.

O madeirense Marcos Freitas afirmou ontem que o torneio de ténis de mesa de Omã, no qual perdeu na final, no domingo, prosseguiu até ao fim, devido aos “poucos casos” confirmados da Covid-19 naquele país, comparativamente a muitos outros.

Apesar da Federação Internacional de Ténis de Mesa (ITTF) ter suspendido o Open da Polónia, em Gliwice, entre 11 e 15 de Março, a prova agendada...