Ficou em prisão preventiva suspeito de atear fogo que causou o 'inferno' na Madeira

Veja o vídeo do homem a sair do tribunal no Funchal

10 Ago 2016 / 17:48 H.
    Cargando reproductor ...

O homem suspeito de atear fogo em São Roque, no início da semana, que esteve na origem da onda de incêndios que atinge o Funchal, foi ouvido esta tarde no tribunal em primeiro interrogatório judicial tendo a juíza determinado que o homem de 23 anos vai aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva.

O interrogatório teve início às 15h55 e terminou por volta das 17h30, tendo o arguido sido encaminhado para a cadeia da Cancela numa viatura da Polícia Judiciária. A juíza entendeu que havia indícios da prática do crime de incêndio florestal e determinou a prisão preventiva por considerar que havia o perigo de continuação da actividade criminosa e de alarme social.  

Leia mais pormenores amanhã na edição em papel do DIÁRIO ou na edição impressa on-line através de assinatura digital.

 

Outras Notícias