SPAD já recuperou 102 dos animais soltos ontem

Da decisão tomada num momento de perigo eminente, já só restam recuperar 18 cães

10 Ago 2016 / 13:25 H.

A SPAD Funchal - Sociedade Protectora dos Animais Domésticos informou há pouco que já conseguiu recuperar 102 dos 120 animais, cães e gatos, soltos ontem numa altura em que havia o perigo do fogo atingir as instalações da associação no Campo da Barca.

"Após a dura decisão tomada ontem em prol das vidas do nossos animais patudos, e assim que se conseguiu controlar a situação na SPAD e na escarpa circundante das instalações, deram-se logo início a buscas para resgatar os animais que estavam a vaguear", salienta em nota de imprensa.

Assim, "dos 120 animais que foram soltos (32 gatos, e 88 cães) já só nos falta resgatar 18 cães, entre ontem e hoje, encontrando-se neste momento equipas no terreno com médicos veterinários e funcionários da SPAD", contabiliza.

Na nota salienta a SPAD que "quatro desses cães encontravam-se hospedados e ainda não os conseguimos recuperar". Têm o nome "XILUBA"; "EDDIE"; "TUFAS" e "COOCKIE", pelo que a associação pede "aos donos se tiverem fotos dos mesmos que nos façam chegar para que possamos partilhar".

A concluir, deixam o "agradecimento a todas as pessoas que resgataram alguns dos animais, e a toda a equipa da SPAD que se encontra nas instalações em limpezas e demais para que possamos pôr a SPAD operacional o quanto antes", acreditam.

Última nota para os animais internados que se encontram na Clínica VetMedi, pelo que "assim que possível regressarão de forma ordeira à SPAD".

Outras Notícias