"As políticas prioritárias são o combate à pobreza e ao desemprego"

26 Jul 2016 / 18:23 H.

O PCP-Madeira apresentou hoje o balanço do trabalho parlamentar ao longo da sessão legislativa.
 
Segundo a deputada Sílvia Vasconcelos, foram várias as propostas apresentadas mas a maioria “lamentavelmente” não foi aprovada, excepto algumas que foram remetidas para a Assembleia da República.
 
“As práticas políticas que o PSD nos habituou nos últimos 40 anos permanecem. Práticas poucos éticas que consideramos que não vão ao encontro dos cidadãos”, referiu a deputada, acrescentando que “as campanhas eleitorais estão pejadas de promessas e até o próprio discurso da tomada de posse do Governo também deu um grande enfoque às matérias sociais mas quando se chega à via parlamentar deparamo-nos com situações que não contribuem para que haja mais progresso nesta área”.

Sílvia Vasconcelos disse ainda que “na Madeira existe uma economia baseada em salários baixos com recurso a programas de desemprego para mascarar o próprio desemprego e em termos de precariedade e de exclusão social somos uma Região com índice altamente preocupantes”. Referiu também que o para o PCP as polícias prioritárias são o combate à pobreza e ao desemprego.