GD Estreito sagra-se campeão absoluto de atletismo

21 Jun 2016 / 12:58 H.

O Grupo Desportivo do Estreito sagrou-se no passado fim-de-semana campeão regional absoluto de atletismo. Num evento que contou com quase 170 atletas, o principal destaque vai para a vitória colectiva dos estreitenses, em ambos os sexos, numa competição bastante disputada, principalmente no sector feminino, já que a ACD Jardim da Serra deu luta até a última prova.

Individualmente, vários atletas estiveram em plano de evidência, nomeadamente Xavier Sousa (Jardim da Serra), que se sagrou campeão dos 10.000 metros marcha, com um novo recorde absoluto, com o tempo de 45.11,36, demonstrando uma evolução regular e consistente desde os escalões de formação

Outro atleta do Jardim da Serra em evidência foi Joana Soares, bi-campeã deste campeonato, ao conseguir o primeiro lugar nos 3000 metros (10.00,22 minutos) e nos 3000 metros obstáculos (10.18,95, minutos), demonstrando estar em excelente forma para poder revalidar o seu título de campeã de Portugal no próximo fim-de-semana.
Rosalina Santos (GD Estreito) foi outra atleta em evidência no Regional Absoluto, com três títulos, nos 100 metros (11,84 segundos), nos 200 metros (24,80 segundos) e 100 metros barreiras (14,50 segundos), neste último caso com um recorde pessoal.

Em excelente forma igualmente se apresentou a estreitense Cátia Santos, também ela tri-campeã regional, nos 400 metros (59,67 segundos), nos 800 metros (2.18,90 minutos) e nos 1500 metros (4.41,44 minutos).

Destaque ainda para Ricardo Ribeiro (Jardim da Serra), que conquistou dois títulos, nos 200 metros (21,92 segundos) e nos 400 metros (48,42 segundos),com um novo recorde pessoal.

Saliência final para Dany Gonçalves, do Jardim da Serra, campeão nos 100 metros com a sua melhor marca da época (10,55 segundos), mas que não foi validada, porque o vento soprava ligeiramente acima do permitido (2,3m/s).

Colectivamente, em masculinos, o Estreito garantiu o título com 25.848 pontos, enquanto o Jardim da Serra terminou o campeonato com a prata, com 23.136 pontos. A ADRAP com 18.731 pontos foi terceira classificada.

Já nos femininos, o Estreito sofreu para vencer, conquistando o primeiro lugar com 24.991 pontos, na frente do Jardim da Serra, com 24.487 pontos. No lugar mais baixo do pódio quedou-se o CS Marítimo, com 19.065 pontos.

Outras Notícias