Carlos Pereira partilha 'A Herança'

Livro é lançado hoje pelas 18h no Salão Nobre da Câmara do Funchal

14 Mai 2015 / 09:03 H.

O Governo Regional vai marcar presença hoje no lançamento do livro ‘A Herança’, do líder parlamentar do PS, Carlos Pereira, que conta como é que os executivos anteriores, de Alberto João Jardim, esconderam 6300 milhões de euros. A confirmação foi feita pelo autor que se congratulou ao DIÁRIO com a presença de Manuel Brito, secretário regional da Saúde. “Este é um assunto que interessa a todos os madeirense, mas especialmente à actual governação”, afirmou, revelando que convidou “toda a gente”, referindo-se ao espectro político regional. “Além disso, a sessão é aberta”, disse.

O livro que será apresentado pelo ex-presidente da ACIF, Anthony Miles, é lançado hoje na Câmara do Funchal, pelas 18 horas. “É essa enorme lacuna, esse buraco negro na história económica portuguesa, e especialmente na história económica da Madeira, que este livro de Carlos J. Pereira, ‘A Herança’, vem agora colmatar de forma brilhante”, diz Nicolau Santos, director adjunto do Expresso, no prefácio. “Este livro, se não servir quem agora governa, serve, pelo menos, para mostrar como outros poderiam ter governado melhor e como o futuro se confronta com os decisores madeirenses. Carlos Pereira é um político preparado para governar.”, revela Carlos César, ex-presidente dos Açores e presidente do PS.

Carlos Pereira atreveu-se a percorrer pacientemente os contornos da pesada herança, com a lucidez que o leva a abrir “uma porta para a esperança”.

"Na sempre difícil procura pela verdade, não se acomodou ao óbvio, nem se desviou do rigor. Melhor, deixa-nos um importante documento que é também compromisso com o escrutínio permanente e responsável, garante da qualidade da democracia na Região.”, diz Ricardo Miguel Oliveira, director do DIÁRIO, que estará hoje a moderar o debate que se fará no lançamento e que conta com as intervenções de André Escórcio, Maximiano Martins e Luís Vilhena.

Sandra Cardoso

Outras Notícias