Museu do Brinquedo reabre hoje ao público no Armazém do Mercado

10 Jan 2015 / 19:19 H.

    A nova Casa do Museu abriu hoje as portas ao público na Rua Latino Coelho. A colecção de Brinquedos ocupa agora todo o segundo andar do Edifício datado do séc. XVIII, recuperado recentemente.

    Com esta mudança pretende-se dar um maior e mais digno espaço, bem como um registo mais dinâmico ao espólio que conta com cerca de 20.000 peças. Aqui mostram-se os sonhos dos mais pequenos ao longo de décadas de infância desde o início do séc. XIX.

    O acervo conta com peças oriundas de Portugal, Inglaterra, Alemanha e França. Cerca de 6000 peças estão expostas em 7 salas: Brinquedos Portugueses; Miniaturas Automóveis, Camiões e outros veículos; Star Wars, Action Man e outras peças de colecção; Super Heróis e Micro Machines; Sala de Jogos com um carácter mais didático e futuramente dedicada aos jogos interactivos. Por último e, em fase de montagem, a Sala das Bonecas. 

    As salas do museu guardam memórias de outros tempos que serão reavivadas à medida que apresentaremos a sua diversidade em diferentes exposições. 

    O Museu do Brinquedo abriu ao público em 2003, na zona dos Barreiros, pelas mãos do Arq. Borges Pereira, coleccionador maioritário do espólio. Muda de casa e de mãos, pelo que na próxima década será gerido pela empresa Francisco Costa e Filhos, SA. 

    De referir ainda que o espólio conta com colecções cedidas pelas famílias de Alberto Figueira Jardim, Maurício Fernandes e João Aires Barreto. O Museu insere-se num projecto mais abrangente, o Armazém do Mercado.

    Este espaço resulta de uma recuperação desta antiga ‘Casa' e reconversão do espaço do armazém e fábrica, num projeto desenvolvido pelo arquiteto Paulo David, e que pretende contribuir para a revitalização da cidade, criando um novo polo comercial e cultural.

    Outras Notícias