Açores recebe primeiro Campeonato Europeu de Fotografia Subaquática

Os mares da Ilha Graciosa serão o palco do evento, entre 3 e 7 de Setembro

23 Jan 2014 / 20:12 H.

    O 1.º Campeonato Europeu de Fotografia Subaquática realiza-se na ilha Graciosa, Açores, entre 3 e 7 de Setembro, foi hoje anunciado.

    Trata-se de uma organização da Confederação Mundial de Atividades Subaquáticas (CMAS) e da Federação Portuguesa de Atividades Subaquáticas (FPAS) com promoção local da AGRAPROME - Associação Graciosense de Promoção de Eventos.

    O presidente da direção da AGRAPROME, Pedro Costa, disse à Lusa que o 1.º Campeonato Europeu de Fotografia Subaquática trará cerca de "200 pessoas à ilha Graciosa", estando prevista a participação de fotógrafos oriundos de 18 países europeus, cada um com uma equipa de cinco elementos (dois fotógrafos, dois modelos e um capitão de equipa), além de acompanhantes.

    "São muitos países que vêm conhecer os Açores. Existem hipóteses de fazermos viagens a outras ilhas. Vamos procurar fazer com que isto não seja um evento só para a Graciosa, mas para os Açores em geral e que leve a nossa boa imagem de turismo de natureza".

    Segundo a CMAS, esta competição pode ser considerada como "uma excelente preparação para o Campeonato do Mundo" a ter lugar na Holanda em 2015, dadas as "semelhanças" nas "condições de mergulho, bem como de flora e fauna", refere o portal da confederação.

    A competição, apresentada hoje à tarde no Museu da Graciosa, já esteve calendarizada para 2012 mas acabou por ser cancelada devido a sanções aplicadas pela CMAS à FPAS por causa de falhas no controlo antidoping em 2011.

    Pedro Costa explicou que essa foi uma "questão alheia" aos promotores e não relacionada com o evento.

    "O que aconteceu há dois anos não teve nada a ver com este tipo de atividade, com fotografia subaquática. A questão do doping passou-se numa prova internacional de hóquei subaquático que aconteceu em Coimbra", sublinhou.

    Lusa