Exposição 'Teogonia' no Centro Cívico do Estreito

Fotos de pessoas comuns, retiradas do Facebook, são recriadas como sendo de divindades gregas

20 Mar 2013 / 12:05 H.

"Projecto: Teogonia / 1" é o nome da exposição que está patente ao público, até ao dia 23 de Abril, no Centro Cívico do Estreito de Câmara de Lobos. De acordo com a organização, o nome deste projecto artístico tem origem no poema mitológico escrito por Hesíodo no século VIII antes de Cristo, intitulado "Teogoni...a" (também conhecido por Genealogia dos Deuses). Este poema de 1.022 versos descreve a origem do mundo para os gregos antigos, apresentando as gerações sucessivas dos deuses, e, na parte final, o seu envolvimento com os homens originando assim os heróis.

“O objectivo deste projecto é recriar esta genealogia de deuses e heróis, reinterpretando fotografias de pessoas "comuns" como divindades gregas inspiradas nas referências da antiguidade clássica. A origem de cada um dos retratos apresentados na exposição são fotografias retiradas de perfis do Facebook (com autorização de cada um dos modelos intervenientes no projecto). Assim, cada trabalho é uma visão heróica e mitológica de pessoas comuns a partir dos conceitos da mitologia grega”, explica a organização.

Utilizando materiais descartados (restos de papel, plásticos, tintas em spray) e técnicas clássicas de desenho com grafite, cada divindade retratada e apresentada de duas formas: num retrato clássico feito a grafite em formato A3 por Nair Morna e uma versão em grande formato (1 metro x 1 metro ou superior) utilizando técnicas de graffiti e "street art" sobre material reutilizado, criado por Roberto Macedo Alves.

Este evento com a colaboração da Casa das Mudas no Projecto Centro de Artes Globais.