Cinquenta pessoas foram conhecer trabalho dos vigilantes da natureza

Dia Nacional celebrado com passeio à Ponta de S. Lourenço

02 Fev 2013 / 18:14 H.

Cerca de 50 pessoas ligadas a associações, clubes e empresas com actividades ligadas à natureza participaram hoje no passeio-convívio que a Associação de Vigilantes da Natureza da Madeira organizou na Ponta de São Lourenço.

O director do Parque Natural da Madeira, Paulo Oliveira, explicou que a iniciativa visa “fazer com que cada pessoa seja um vigilante da Natureza, porque vão acompanhar grupos e usar o espaço”. “Se estiverem imbuídas do espírito de visão da Natureza irão contribuir para que essas actividades se façam de maneira mais equilibrada e mais compatibilizada com o meio natural ao longo de toda a Madeira”, acrescentou o responsável.

O passeio celebra o Dia Nacional do Vigilante da Natureza, profissionais que “têm um papel muito importante ao nível da conservação da biodiversidade, no apoio às actividades técnico-científicas e no acompanhamento das pessoas nessas áreas protegidas”. Esta comemoração tem por lema “Todos somos Vigilantes da Natureza” e apela à actuação colectiva e individual no sentido de evitar comportamentos que conduzem à degradação do meio ambiente. Por exemplo, na Ponta de S. Lourenço um dos grandes problemas é o chamado pisoteio, que resulta dos desvios que os caminhantes fazem do trilho principal, degradando a vegetação à volta.