Região com muitos casos de doenças autoimunes

10 Nov 2012 / 13:46 H.

    A directora do Serviço de Medicina Interna do SESARAM, Maria da Luz Brazão, faz um balanço muito positivo das II Jornadas de Medicina Interna e IV de Infecciologia que terminam hoje. "Estávamos a contar com 300 pessoas e tivemos cerca de 500 inscrições", precisou. Para hoje de manhã, esteve reservada um tema muito importante destas jornadas, sobre as doenças autoimunes, e referiu que, na Região, existem muitos casos destas doenças, principalmente de lúpus.

    Maria da Luz Brazão reforçou a importância de temas tratados ao longo destas jornadas, como a diabetes, os acidentes vasculares cerebrais e a hipertensão arterial, frisando que é importante uma maior sensibilização e atenção por parte da população a estas doenças e aos sinais que elas manifestam. "O grande desafio que se coloca ao médico, actualmente, é pôr as pessoas a se aperceberem que realmente algo pode acontecer", frisou.

    A responsável disse ainda que, na Região, existem muito casos de pessoas com doenças autoimunes e, por isso, desde 2009, abriram uma consulta da doença autoimune. "Se forem bem seguidas e controladas pelo médico, essas pessoas conseguem levar uma vida perfeitamente bem", explicou, realçando, no entanto, que se tratam de tratamentos para toda a vida.

    Em relação ao congresso nacional de Medicina Interna, que irá decorrer na Madeira em 2014, avançou que está previsto para a última semana de Maio desse ano. Nesse congresso, participarão muitos especialistas de renome a nível internacional.