Caixinha continua sem vencer

18 Dez 2011 / 19:16 H.

O Nacional não foi além de um empate a um golo frente ao Vitória de Setúbal e o treinador Pedro Caixinha ainda não venceu desde que assumiu o comando técnico da equipa.

Em jogo a contar para a 13ª jornada da liga, o Vitória de Setúbal adiantou-se no marcador aos 22 minutos da partida, através de Rafael Lopes.

Os 'sadinos' desperdiçaram uma grande penalidade aos 29 minutos. Neca foi derrubado na grande área, o árbitro assinalou penálti e na conversão, o guarda-redes, marcelo defendeu e na recarga Neca,  enviou a bola ao poste.

O Nacional empatou a partida aos 76 minutos. Claudemir concretizou uma grande penalidade.

O Vitória de Setúbal terminou a partida com nove elementos, depois de Igor (76 minutos) e Hugo Leal (90+3) terem sido expulsos por acumulação de amarelos.

Com 13 jogos realizados, o Nacional é 14º com 12 pontos. Soma 3 vitórias, 3 empates e 7 derrotas.

Ficha:

Jogo no Estádio da Madeira, no Funchal

Nacional - Vitória de Setúbal, 1-1

Ao intervalo: 0-1

Marcadores:

0-1, Rafael Lopes, 22 minutos

1-1, Oliver, 76 (grande penalidade)

Equipas:

- Nacional: Marcelo Valverde, Claudemir, Felipe Lopes, Luís Neto, Tomasevic (Márcio Madeira, 66), Todorovic, Mihelic (Oliver, 52), Edgar Costa, Mateus, Mário Rondon (Candeias, 61) e Diego Barcellos.

(Suplentes: Vladan, Skolnik, Candeias, João Aurélio, Oliver, Márcio Madeira e Elizeu)

- Vitória de Setúbal: Diego, Michel, Ricardo Silva, Igor, Miguelito, Bruno Amaro, Hugo Leal, Jorge Gonçalves, Neca (Bruno Severino, 90+1), Bruno Gallo (Thiago Veras, 78)e Rafael Lopes João Silva, 71)

(Suplentes: Ricardo, João Silva, Bruno Severino, Ney, Thiago Veras, Pedro Mendes e Gonçalo Dias)

Árbitro: Hugo Pacheco (Porto)

Acção disciplinar: cartão amarelo para Marcelo Valverde (30), Mihelic (36), Tomasevic (61), Igor (66 e 76), Hugo Leal (79 e 90+3)e Bruno Amaro (84). Cartão vermelho por acumulação a Igor (76) e Hugo Leal (90+3)

Assistência: cerca de 500 espectadores