Madeirense ganha prémio nacional de poesia

Prémio 'Natércia Freire' atribuído a "Memória das Aves", inédito de Tiago Patrício

02 Dez 2011 / 12:39 H.

O Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire foi este ano atribuído ao original "Memória das Aves", de Tiago Patrício, uma das 76 obras inéditas que estiveram a concurso, anunciou a câmara municipal de Benavente.

Tiago Patrício, 32 anos, natural do Funchal, farmacêutico de profissão, tem diversas obras publicadas, tanto de poesia como de ficção, tendo vencido já este ano o Prémio Literário Revelação Agustina Bessa Luís, com o romance "Trás-os-Montes".

O júri, constituído pelos escritores Sérgio de Sousa, José Colaço Barreiros e Domingos Lobo, pela vereadora da câmara de Benavente com o pelouro da Cultura, Gabriela Santos, e por uma docente da Escola Secundária de Benavente, destacou "a capacidade discursiva e o trabalho sobre a linguagem" contidos na "Memória das Aves".

A cerimónia de entrega do Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire está agendada para o próximo dia 10, no auditório do Palácio do Infantado, em Samora Correia, num espetáculo que contará com o Quarteto de Saxofones da Sociedade Filarmónica Benaventense.

O prémio, no valor de 1.500 euros, é promovido pela câmara municipal de Benavente e tem o patrocínio da Companhia das Lezírias, cabendo à autarquia garantir, junto das editoras, a publicação da obra premiada.

LUSA