Hotéis da Madeira líderes em implementar medidas para reduzir consumo de água

25 Nov 2011 / 12:44 H.

 As unidades hoteleiras da Madeira destacam-se em termos de implementação de boas práticas ambientais, sobretudo na introdução de medidas para reduzir o consumo de água. As conclusões constam de um inquérito desenvolvido pelo Turismo de Portugal junto de mais de mil empreendimentos a nível nacional.

O inquérito 'Impacte Ambiental e Responsabilidade Social dos Empreendimentos Turísticos' revela que na Madeira "cerca de um terço dos hotéis servem-se de água de qualidade inferior (da chuva ou proveniente de ETAR própria) para rega ou lavagens, um número bastante superior à média nacional". "A maioria dos empreendimentos da Madeira (82,4%) muda toalhas e lençóis a pedido do cliente, utiliza redutores de caudal nas torneiras/chuveiros (75%) e autoclismos de baixo consumo de água (73,5%), sendo esta a medida que mais sobe", lê-se no comunicado emitido pelo Turismo de Portugal.

As unidades hoteleiras da Madeira destacam-se também ao nível da utilização eficiente da energia, "pelo uso de sistemas automáticos para desligar ar condicionado/aquecimento quando as janelas estão abertas (38,5%)".

"Mais de metade dos empreendimentos turísticos em Portugal faz gestão adequada dos resíduos e a Madeira foi a região que alcançou, neste assunto específico, as percentagens de adesão mais elevadas", indica o estudo que revela ainda que "mais de metade dos hotéis avaliados nesta região coloca à disposição dos clientes produtos recarregáveis que não são de utilização única como, por exemplo, champô, sabão e toucas. Disponibilizar aos hóspedes recipientes para recolha selectiva é também uma acção frequente em mais de 65% dos estabelecimentos da Madeira".

Os principais resultados deste inquérito  integram o Relatório de Sustentabilidade de 2010 do Turismo de Portugal.

Outras Notícias