Apel com novas áreas desportivas e estacionamento

Secretário enaltece obra sem recurso a dinheiros públicos

18 Out 2011 / 17:00 H.

O secretário regional de Educação e Cultura, Francisco Fernandes presidiu esta tarde à inauguração das novas instalações desportivas e do novo parque de estacionamento da escola da Apel.

Na ocasião, o governante enalteceu o facto da obra, orçada em 900 mil euros, ter sido realizada a expensas da escola sem necessitar de apoio público do Governo Regional, através de contrato-programa de financiamento, como chegou a ser aventado.

Francisco Fernandes elogiou também a abertura da Apel à comunidade conforme o prova a parceria com o Clube Sport Marítimo (CSM). "Este é um local onde acontecem milagres", sintetizou o governante.

Antes da bênção das instalações, o director da Apel, Pe. David Quintal disse que esta é mais "uma pequena gota" de "sonho que nunca se esgota", do projecto que abriu as portas há precisamente 33 anos, a 18 de Outubro de 1978. Graças aos comendadores Pe. Mário Casagrande e Gastão Fernandes assim como o Pe. Ângelo Caminati. Quando começou tinha 64 alunos, hoje tem mais de 600. E é lá que também funciona a Escola Britânica.

Em Março de 1986 foi inaugurada a capela; em 1987 o pioneirismo da Apel fê-la inaugurar as primeiras salas de informática; o edifício principal que sucedeu aos pré-fabricados foi inaugurado a 1 de Novemrbo de 1997; o auditório em 2002; o ginásio em 2004; a entrada pela Rua do Til em 2009; o novo campo hoje.

O projecto hoje inaugurado foi realizado no âmbito programa PME Invest VI, com um valor global de empreitada de cerca de 900 mil euros (financiamento a seis anos). A intervenção veio permitir um aumento da capacidade do estacionamento em mais 80 carros e 25 motas. Previu ainda a construção de mais cinco salas polivalentes, dois balneários e a aplicação de piso sintético no recinto desportivo, assim como acesso a ambulância, conforme explicou a ex-aluna da Apel e arquitecta, Teresa Ferraz.

Após a realização dos discursos oficiais, o recinto desportivo sintético foi palco para um jogo de futebol entre a equipa principal do CS Marítimo e a selecção da Apel.