Nini é Oficial da Ordem do Infante Dom Henrique

Entre 30 personalidades, Cavaco também distinguiu Manuela Ferreira Leite

10 Jun 2011 / 15:39 H.

A decoradora madeirense Nini Andrade Silva foi esta manhã condecorada com o grau de Oficial da Ordem do Infante Dom Henrique, conforme fora divulgado nos últimos dias. Além da artista madeirense, o Presidente da República condecorou mais 30 personalidades, nomeadamente
a antiga ministra das Finanças Manuela Ferreira Leite e o ex-chefe do Estado-Maior
da Armada (CEMA) almirante Melo Gomes, na cerimónia oficial que assinada o Dia de Portugal.

Ao todo, foram agraciadas 35 personalidades e instituições, contando
com a antiga governante e ex-presidente do PSD e o antigo chefe militar,
que abandonou a função de CEMA em 2010, que foram condecorados com a Grã-Cruz
da Ordem de Cristo.

Com a Grã-Cruz da Ordem de Avis foram condecorados o tenente-general
da Força Aérea Mimoso e Carvalho, antigo chefe do Estado-Maior Conjunto
do Estado-Maior General das Forças Armadas, o vice-almirante e ex-comandante
naval Vargas Matos e o tenente-general do Exército Morais de Medeiros, ex-comandante
da Brigada Territorial da GNR.

Ao fundador e ex-presidente da Editorial Verbo, Manuel Fernando Ayres
Guedes da Silva, e ao coronel do Exército José Fernandes Henriques, antigo
professor universitário e especialista em História Militar Portuguesa, foram
atribuídos os títulos de Grande Oficial e Comendador da Ordem de Sant'Iago
da Espada, respetivamente.

A título póstumo, Cavaco Silva homenageou ainda com o título de Grande
Oficial da Ordem do Mérito o antigo diretor do Diário de Coimbra Adriano
da Cunha Lucas.

Os médicos Henrique Bicha Castelo e Manuel Veloso da Silva foram distinguidos
com o título de Grande Oficial da Ordem do Mérito, enquanto o presidente
da Comissão Executiva da ELO-Associação Portuguesa para o Desenvolvimento
Económico e Cooperação, Francisco Zea Mantero, o vice-presidente do Instituto
de Apoio à Criança, José Coelho Antunes, e o presidente da Câmara Municipal
de Oleiros, José Marques (PSD), foram agraciados como comendadores desta
Ordem.

Como oficial da Ordem de Sant'Iago da Espada foi condecorado Henrique
Amaro, segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Agualva-Cacém, que,
com 100 anos de idade, é o bombeiro mais velho do país.

O Jornal Reconquista, a Associação Nacional de Famílias para a Integração
da Pessoa Deficiente e o Centro de Educação Especial Rainha Dona Leonor
foram distinguidos pelo Presidente da República como Membros Honorários
da Ordem do Mérito.

O embaixador da União Europeia nos Estados Unidos, João Vale de Almeida,
recebeu a Grã-Cruz da Ordem do Infante Dom Henrique.

O conselheiro económico principal do presidente da Comissão Europeia,
António José Cabral, os historiadores João Medina da Silva e Maria Helena
da Cruz Coelho, e o médico e investigador Miguel de Sá e Sousa de Castelo-Branco
foram distinguidos com o título de Grande Oficial.

O secretário-geral da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento,
Fernando Antunes Durão, o actor José Pedro Gomes, a historiadora Maria Fernanda
Rollo e a decoradora "Nini" Andrade Silva foram condecorados como a Ordem do Infante Dom Henrique, ficando a madeirense com o título de oficial, enquanto a Fundação Casa de Mateus foi distinguida como Membro Honorário desta Ordem.

A Grã-Cruz da Ordem da Instrução Pública foi atribuída ao professor
e reitor da Universidade Técnica de Lisboa, Fernando Ramôa Ribeiro, ao ex-reitor
da Universidade de Coimbra Fernando Seabra Santos e ao ex-reitor da Universidade
da Beira Interior Manuel dos Santos Silva.

João Luís Maló de Abreu, professor e fundador da licenciatura de medicina
dentária na Faculdade de Medicina de Coimbra, foi condecorado como Grande
Oficial da Ordem da Instrução Pública.

Com a Ordem do Mérito Empresarial, na classe do Mérito Agrícola, foram
distinguidos o ex-deputado e presidente da Federação das Caixas de Crédito
Agrícola Mútuo, Francisco Bernardino da Silva, como Grande Oficial, e o
empresário Jorge Ortigão Costa, como Comendador.

Na classe do Mérito Comercial foi condecorada como Comendadora a economista
Teresa Otero e a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal como Membro Honorário,
na Classe do Mérito Industrial.

Lusa

Outras Notícias