Passos Coelho promete defesa do Estado social e melhor distribuição da riqueza

06 Jun 2011 / 00:26 H.

    O presidente do PSD afirmou hoje que quer colocar o crescimento da economia portuguesa ao serviço da defesa do Estado social, da justiça social e de uma melhor distribuição da riqueza em Portugal.

    "Não descansaremos enquanto não pusermos Portugal a crescer. Sabemos bem que essa é a única forma verdadeira e duradoura de defender o nosso Estado social, de poder realizar a justiça social para quem dela precisa e para poder garantir uma melhor distribuição do rendimento e da riqueza no nosso país", declarou Pedro Passos Coelho.

    No seu discurso de vitória nas eleições legislativas de hoje, num hotel de Lisboa, o presidente do PSD referiu-se em especial a "todos aqueles que vivem situações mais difíceis", dizendo-lhes que eles serão a prioridade da sua governação.

    "Os desempregados, aqueles a quem o Estado hoje tem menos condições para ajudar, aqueles que vivem hoje com piores perspetivas de futuro, aqueles que têm a seu cargo idosos, crianças, cidadãos com deficiência, a todos esses quero dizer: será em todos eles que pensaremos todos os dias e que nortearemos a nossa intervenção no Governo para suavizar, para os apoiar numa altura de tantas dificuldades", declarou.

     


     

    Lusa