Nacional assegura que já saldou a dívida com o Grupo Desportivo do Estreito

16 Dez 2010 / 22:42 H.

"Uma dívida que não o é", é desta forma que o Clube Desportivo Nacional (CDN) classifica a notícia divulgada, esta quinta-feira, que dava conta que o clube estava impedido de inscrever novos jogadores e de renovar os contratos existentes, devido a dívidas de pagamento da indemnização de formação desportiva ao Grupo Desportivo do Estreito, clube de formação de Ruben Micael.

Em comunicado, divulgado no 'site' do Nacional, o clube 'alvi-negro' admite que o Grupo Desportivo do Estreito (GDE) tinha a receber uma verba correspondente aos direitos de formação de Ruben Micael, o clube de Câmara de Lobos informou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) que notificou o Clube Desportivo Nacional.

"Notificado pela Federação", lê-se no comunicado,  "o CDN procedeu, em devido tempo, ao pagamento do valor em causa, informando a FPF desse pagamento, ficando o GDE com a responsabilidade de informar a FPF do recebimento".

O Nacional assegura que "tratou o processo com toda a lisura e correcção, cumprindo todas as suas obrigações, quer em termos financeiros, quer em termos processuais, pelo que nada deve ao GDE".
 



 

Outras Notícias