Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe coloca lugar à disposição

Decisão veio no seguimento de uma exigência da oposição depois do chumbo do Orçamento de Estado

07 Fev 2008 / 13:00 H.

    O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Tomé Vera Cruz, anunciou hoje que colocou o lugar à disposição do Presidente da República, como vinha sendo exigido pela oposição depois do chumbo do Orçamento de Estado no parlamento.
    A decisão foi anunciada por Vera Cruz em entrevista exclusiva ao programa informativo da Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe, segundo a imprensa 'on-line' são-tomense.
    A Lusa tentou contactar Tomé Vera Cruz e o seu assessor, mas sem sucesso até ao momento.
    Compete agora ao Presidente da República, Fradique de Menezes, confirmar por decreto a queda do governo de Vera Cruz.
    Posteriormente, cabe à coligação vencedora das legislativas de 2006 (MDFM/PCD) apresentar novo executivo.
    Segundo fontes contactadas pela Lusa em São Tomé, neste momento ainda decorrem negociações entre MDFM/PCD e a ADI, de Patrice Trovoada, tendo em vista formar um governo de maioria parlamentar.Lusa

    Outras Notícias