VAR faz regressar jogador dos balneários para receber cartão vermelho directo

18 Fev 2019 / 18:15 H.

A situação insólita aconteceu durante a partida entre o Legia de Varsóvia, equipa comandada por Sá Pinto, e o Cracóvia, em jogo a contar para a 22.ª jornada da I Liga Polaca.

Ao minuto 66, o francês William Remy foi admoestado com cartão amarelo e passado pouco tempo depois viu a segunda cartolina amarela, recebendo ordem de expulsão por acumulação. Ora, depois de ter recolhido aos balneários, o defesa galês foi chamado pelo árbitro da partida para regressar ao relvado e... ser expulso novamente, aos 74 minutos, desta feita com cartão vermelho directo.

O recurso ao Vídeo-árbitro (VAR) foi fundamental para que o juiz do encontro tomasse uma opção mais acertada, isto porque Remy pisou o jogador oponente e o árbitro entendeu o gesto como uma agressão. O vermelho directo traduzir-se-á assim numa sanção disciplinar mais pesada para o jogador de 27 anos.

Já em termos desportivos, a partida terminou com uma derrota do Legia de Varsóvia nesta recepção ao Cracóvia, por 0-2, algo que já não acontecia desde 1951 na capital da Polónia.

Outras Notícias