Sonho do Marítimo termina nos oitavos-de-final

Árbitro assinalou grande penalidade contra os maritimistas e depois pediu desculpa pelo erro

15 Fev 2020 / 20:33 H.

O Marítimo foi eliminado da Taça de Portugal de futsal após a derrota, esta tarde, em casa do Ladoeiro por 7-4, numa presença inédita de uma equipa madeirense, nos oitavos-de-final da competição.

Em jogo entre duas equipas da II Divisão nacional, os maritimistas conseguiram responder bem às ofensivas do adversário e ao intervalo perdiam por 3-2, tendo empatado a três bolas, no reatar da partida.

Mas logo depois Vladimir viu o segundo amarelo e foi expulso, deixando os verde-rubros em desvantagem numérica. O Marítimo viu as contas ficarem mais complicadas, quando o árbitro assinalou uma grande penalidade a favor do Ladoeiro, mesmo com os restantes juízes e o observador a contradizerem essa decisão. Aliás, este erro motivou mesmo um pedido de desculpa, posteriormente, por parte do árbitro à comitiva madeirense, mas já não havia nada a fazer.

O Ladoeiro aumentou a vantagem, fixando o marcador nos 7-4, resultado que afasta os madeirenses da tão desejada ‘Final Eight’ da Taça de Portugal.