Rui Alves condena “exibicionismo absurdo” dos comentadores de futebol

12 Fev 2019 / 19:48 H.

O presidente do Nacional atacou esta tarde, na Choupana, os comentadores desportivos que colocaram em causa o profissionalismo da equipa alvinegra no jogo com Benfica.

“Acho vergonhoso o que está a acontecer em termos mediáticos em tudo o que se relaciona com o futebol, com a presença com comentadores avulso, que ao serviço de interesses dos clubes que representam nesses palcos, aproveitem a oportunidade para este tipo de exibições. O futebol não merece isto”, considerou Rui Alves, repudiando as declarações que foram feitas, que justificam a apresentação de queixas-crime e processos cíveis. “No local próprio essas pessoas terão a oportunidade de justificarem ou não o seu exibicionismo absurdo”, garantiu.

Sobre o jogo com o Benfica, que o Nacional perdeu por 10-0, Rui Alves procurou minimizar a situação. “Perdemos uma batalha, não perdemos a guerra. A nossa guerra continua”, frisou, em pleno Estádio da Madeira, onde cerca de uma dezena de adeptos alvinegros, fez questão de vincar apoio ao grupo de trabalho liderado por Costinha.

“Entendo que por vezes o regressar à normalidade e não fazer disto um fim do mundo é a melhor mensagem que se pode passar para a equipa do ponto de vista psicoemocional”, acrescentou ainda Rui Alves, como forma de dar por finalizado um dos episódios mais negros da história do Nacional.

Tópicos

Outras Notícias