Medidas de coacção a Bruno de Carvalho e Mustafá conhecidas esta quinta-feira

14 Nov 2018 / 20:45 H.

A leitura da decisão de aplicação de medidas de coacção ao ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá será efectuada na manhã de quinta-feira no Tribunal do Barreiro, onde decorreu hoje o interrogatório aos dois arguidos.

“A leitura da decisão de aplicação das medidas de coação, porque se reveste de complexidade e obriga a uma ponderação que não se compadece com o facto de o tribunal se encontrar, há mais de seis horas, debruçado sobre a matéria em causa e pretende, agora como em todos os casos, decidir em consciência com base na matéria de facto e de direito aplicável, com o assentimento de todos os presentes”, pode ler-se no comunicado divulgado pelo Juízo de Instrução Criminal do Barreiro.

Deste modo, foi designada para as 10 horas desta quinta-feira a respectiva leitura.

O ex-presidente do Sporting, que está detido desde domingo nas instalações da GNR de Alcochete, e um dos líderes da claque Juventude Leonina, Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, responderam hoje em primeiro interrogatório judicial no âmbito da investigação sobre a invasão à academia de Alcochete.

Em 15 de maio, a equipa de futebol do Sporting foi atacada na academia do clube por um grupo de cerca de 40 alegados adeptos encapuzados, que agrediram alguns jogadores, membros da equipa técnica e outros funcionários.

A GNR deteve no próprio dia 23 pessoas e efetuou, posteriormente, mais detenções, que elevaram para 38 o número de detidos, todos ainda em prisão preventiva, entre os quais está o antigo líder da Juventude Leonina Fernando Mendes.