Marítimo repudia e nega acusações públicas sobre a gestão corrente da SAD e do clube

08 Jan 2019 / 23:06 H.

O Marítimo “confrontado com as manifestações públicas de associados relativamente à vida interna do clube”, emitiu esta noite um comunicado, assinado pelo Conselho de Administração da SAD e pela direcção da colectividade, para “repudiar e negar frontal e convictamente, as acusações publicamente feitas quanto a aspectos internos da gestão corrente da SAD e do Clube, manifestando total disponibilidade para, de forma transparente, prestar todas as informações e disponibilizar todos os elementos que os acionistas e os sócios entendam necessários e adequados ao seu cabal esclarecimento”.

Num comunicado com três pontos, o Marítimo “convida, para o efeito, todos os acionistas e sócios a comparecerem nas assembleias gerais que serão brevemente convocadas, nos termos legais e estatuários, e nelas participarem activamente na procura dos esclarecimentos a todas as questões que entendam pertinentes, da mesma forma que sempre o puderam fazer no passado e continuarão a poder fazer no futuro, às quais os órgãos sociais terão todo o gosto em responder”.

A SAD e direcção verde-rubra “sublinham e reiteram ainda o total compromisso dos órgãos sociais com o actual momento desportivo da equipa de futebol profissional, e o seu foco absoluto em lhe proporcionar a necessária tranquilidade e as condições de trabalho adequadas a ultrapassar um ciclo negativo, exortando os sócios a contribuírem para esse objectivo com o apoio incondicional e abnegado como o prestado no passado sábado e a absterem-se de condutas que em nada servem a união e sucesso do clube”.

Tópicos