Grupo de sócios do Sporting volta a tentar entregar petição de Assembleia Geral extraordinária

09 Ago 2018 / 17:53 H.

Um grupo de sócios do Sporting vai tentar hoje entregar a petição para uma Assembleia Geral extraordinária do clube, tendo em vista apreciação dos recursos da suspensão do antigo presidente dos ‘leões’ Bruno de Carvalho.

De acordo com a comunicação enviada ao presidente da Mesa da Assembleia Geral (MAG), Jaime Marta Soares, assinada por Nuno Sousa, a que a Lusa teve acesso, em causa está um requerimento subscrito por associados com um “número (manifestamente) superior a mil votos”.

O primeiro subscritor diz que esta vontade já foi manifestada na segunda-feira, por ocasião da entrega da lista encabeçada por Bruno de Carvalho, sem que lhe fosse indicada uma data para a sua formalização.

“Do nosso lado, e dada a urgência do tema em questão, (a apreciação do levantamento da suspensão aos membros do Conselho Diretivo e de Trindade de Barros) confirmamos que estamos disponíveis e interessados em dar cumprimento ao desejo, que é um direito, destes sócios”, lê-se na missiva.

Nuno Sousa anuncia ainda que vai estar presente hoje no Estádio José Alvalade, em Lisboa, pelas 17:30, aproveitando a presença de Marta Soares nas instalações ‘leoninas’, dado o fim do prazo para a entrega de candidaturas para as eleições de 08 de setembro.

Realçando que não será necessária a presença do presidente da MAG, o primeiro subscritor solicita, em caso de impossibilidade, que seja disponibilizado “qualquer funcionário” para este ato.

No passado dia 27 de julho, Nuno Sousa chegou a reunir com Marta Soares, para entregar as assinaturas para a realização da AG extraordinária e a formalização da candidatura de Bruno de Carvalho, que foi rejeitada.

Então, à saída, Nuno Sousa disse que os responsáveis pela MAG tentaram alterar o auto de recepção das assinaturas para um auto de entrega.

Tópicos

Outras Notícias