Carlos Tévez recorda os tempos no Manchester United e apelida Ronaldo de “maluco”

Jogador argentino jogou ao lado de CR7 e Messi

12 Set 2018 / 16:55 H.

Carlos Tévez, ex-companheiro de equipa de Cristiano Ronaldo e compatriota de Lionel Messi na selecção, analisou as características de ambos os jogadores com quem teve a oportunidade de trabalhar ao longo da sua carreira. Por um lado, o avançado de 34 anos evidenciou o talento natural da ‘Pulga’, ao passo que destacou a dedicação diária de CR7. As declarações surgiram a propósito de uma homenagem a Riquelme.

Agora, ao serviço do Boca Juniors, clube que o lançou para a ribalta do futebol, Tévez recordou a feição dos dois atletas que dominaram o desporto ‘rei’ durante a última década, tendo apelidado o ‘astro’ madeirense de “maluco” pela dedicação evidenciada nos treinos do Manchester United, durante as épocas 2007/2008 e 2008/2009, altura em que ambos se cruzaram nos ‘red devils’.

“Nunca vi o Messi no ginásio, nem o via a fazer exercícios de recepção de bola. O Messi fá-lo de forma natural. Vá, antes não marcava livres e agora mete a bola no ângulo... Isso foi porque treinou”, constatou Tévez, recordando posteriormente um episódio recorrente aquando da sua passagem pelo Manchester United.

“O que se passa com o Ronaldo, e todas as mulheres podem ver isso, é que ele passa o dia no ginásio. Nós treinávamos às 9 da manhã, chegávamos às 8 e já lá estava aquele maluco. Chegavas às 7h30 e ele já lá estava. E pensavas, caraças, quando é que não está a trabalhar? Uma vez fui às 6 da manhã e ele já estava lá... Mas, como?”, questionou o jogador do Boca Juniors.