Suspeita de ameaça de bomba em avião da Binter no Porto Santo

Paula Cabaço e outros ilustres madeirenses entre os passageiros retidos no aeroporto

16 Set 2018 / 18:23 H.

O voo da Binter de ligação entre o Porto Santo e o Funchal, com partida prevista às 18h30, foi retido no aeroporto da ‘ilha dourada’, ao que se presume, por ameaça de bomba.

De acordo com o correspondente do DIÁRIO no Porto Santo, mais de 20 passageiros foram impedidos de embarcar no avião com destino à Madeira. Entre estes a secretária Regional do Turismo, Paula Cabaço, e outros ilustres madeirenses que se encontravam na ilha a propósito do Festival Colombo. A governante já foi encaminhada para a zona vip do aeroporto.

As autoridades, incluindo um elemento da brigada de investigação criminal, encontram-se no local a averiguar a situação, bem como a directora do Aeroporto Isabel Velosa.

Aos passageiros que entretanto saíram do avião e regressaram à zona de embarque foi-lhe apenas dito que “o voo está atrasado”.

Segunda a mesma testemunha ocular, algumas malas estão ser retiradas do porão do avião.

O Comandante geral da Polícia do Porto Santo também já se encontra no aeroporto e deverá prestar esclarecimentos dentro de minutos.