SESARAM reage a notícia e nega caos nas urgências

17 Jan 2020 / 18:01 H.

Às 17h43 o SESARAM reagiu à notícia publicada pelo DIÁRIO hoje, às 15h38, intitulada ‘Ambulâncias novamente retidas por falta de macas’, garantindo que “a informação veiculada é totalmente falsa”.

“Anexamos uma fotografia (ver fotografia em anexo) que apresenta o actual cenário do Serviço de Urgência Hospitalar e, tal como é possível constatar, não há nenhuma ambulância retida”, informou o SESARAM. Refira-se que a fotografia publicada foi uma foto de arquivo, tal como está explicado na notícia.

Fonte dos bombeiros garantiu que estiveram várias ambulâncias retidas durante a tarde a aguardar por macas durante mais de uma hora e que houve bombeiros a serem rendidos no hospital derivado a esta situação.