Morte de menina de 8 anos leva Delegado de Saúde à Escola do Galeão

16 Jan 2020 / 10:33 H.

O Delegado de Saúde foi chamado à Escola do Galeão, no Funchal, estabelecimento de ensino frequentado pela menina de 8 anos que faleceu ao final da tarde do passado domingo na sala de triagem do Serviço de Urgência Pediátrica do Hospital Dr. Nélio Mendonça, um dia depois de ter tido alta hospitalar.

O encontro está programado para amanhã à tarde e destina-se aos pais dos alunos que frequentam a turma da criança.

Maurício Melim, Delegado de Saúde, confirmou ao DIÁRIO que irá reunir-se com os encarregados de educação deste estabelecimento de ensino, mas adiantou que o encontro se destina apenas a tranquilizar e a esclarecer as dúvidas que têm surgido entre a comunidade escolar.

Tal como o DIÁRIO avançou em primeira mão, a menina foi atendida nas urgências do hospital no sábado, onde deu entrada com febre. O médico receitou-lhe medicação e mandou-a para casa mas, como a criança não melhorou, os pais decidiram levá-la às urgências do Centro de Saúde de Machico, no domingo, que ao ver a complexidade do caso encaminhou-a para o Hospital Dr. Nélio Mendonça . A criança faleceu na sala de triagem, vítima de uma paragem cardiorrespiratória.

No dia seguinte o SESARAM explicou que actuou em conformidade perante “um quadro compatível com uma infecção viral respiratória superior” e garantiu que “foram cumpridos os protocolos de actuação preconizados e prescrita a medicação adequada”.

Tópicos