GNR detém 26 pessoas em flagrante delito em operações em todo o país

País /
30 Nov 2019 / 12:16 H.

A GNR deteve durante a noite de hoje 26 pessoas em flagrante delito, 18 das quais por condução sob o efeito do álcool e quatro por conduzirem sem habilitação legal, em operações realizadas por todo o país.

As detenções foram realizadas pela GNR entre as 20 horas de sexta-feira e as 08 horas de hoje no âmbito do combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que entre as 26 detenções em flagrante delito, uma foi por tráfico de estupefacientes. Além disto foram apreendidas nove doses de heroína.

A GNR detectou ainda 553 infracções de trânsito, incluindo 116 por excesso de velocidade e 44 por condição com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

Da lista de infracções rodoviárias detectadas naquelas 12 horas constam também 26 relacionadas com iluminação e sinalização, 14 por uso indevido de telemóvel durante a condução e igual número por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

O comunicado dá ainda conta do registo de 56 acidentes de que resultaram um ferido grave e nove feridos ligeiros.

Por seu lado, o Comando Territorial do Porto adiantou ter detido, na sexta-feira, um homem de 36 anos pelo crime de roubo a uma farmácia, com recurso a arma branca.

Além do roubo à farmácia, a denuncia que chegou às autoridades dava também conta da tentativa de roubo a uma estação dos correios. Após o assalto, o indivíduo pôs-se em fuga, a pé, tendo sido detido no interior de um comboio depois de ter sido avistado na estação de comboio da Granja.

Nesta operação, os militares da GNR apreenderam-lhe 110 euros, resultado do assalto à farmácia, e a arma branca.