Derrocada na Calheta atinge carros

Três autocarros estavam estacionados e escaparam por pouco a uma pedra de grandes dimensões

01 Fev 2018 / 09:28 H.

Eram 9h10 desta manhã quando se deu a derrocada na vila da Calheta, no desvio para autocarros localizado junto ao restaurante Rocha Mar. A terra e pedras atingiram três autocarros da empresa de transportes públicos Rodoeste, que ficaram com danos menores, nomeadamente nos pneus e jantes, mas o desfecho poderia ter sido outro, tendo em conta a pedra de grandes dimensões que também se desprendeu e que acabou por cair no centro da via. Segundo o adjunto de comando Jacinto Serrão, dos Bombeiros Voluntários da Calheta, não há registo de vítimas ou danos maiores. Os autocarros encontravam-se vazios, estacionados.

Os bombeiros contactaram o presidente da Câmara da Calheta. Carlos Teles já terá tratado das diligências e, segundo informações recolhidas, uma máquina já está a caminho para retirar o pedregulho, que apesar de grande ainda permite a circulação dos carros.

A derrocada deu-se numa zona da escarpa que ainda não estava consolidada. A proximidade com o leito do ribeiro poderá ajudar a justificar a instabilidade do terreno, que culminou com a queda dos materiais.

A marginal da Calheta tem sido atingida por algumas quedas de pedras e terra, o que já levou à consolidação de grande parte da escarpa.

Tópicos

Outras Notícias