Centro de Operações da Protecção Civil montado na zona do Amparo na Ponta do Pargo

04 Fev 2020 / 17:30 H.

O Serviço Regional de Protecção Civil montou o seu Centro de Operações na zona do Amparo, na Ponta do Pargo. Neste momento, as chamas aproximam-se da zona da Lombadinha.

No local estão os diversos responsáveis pela Protecção Civil regional e municipal, bem como o presidente da Câmara Municipal da Calheta.

Neste momento, uma intensa nuvem de fumo está a pairar sob a Ponta do Pargo.

No fundo, o Centro de Operações está a gerir os meios empenhados no combate às chamas, que lavram desde a madrugada de segunda-feira. De acordo com o último balanço do SRPC, divulgado às 17 horas, estão no local 31 operacionais e 16 meios de combate a incêndios. Seis corporações de bombeiros estão empenhadas no combate às chamas, nomeadamente Bombeiros Voluntários da Calheta, Voluntários Madeirenses, Voluntários de Câmara de Lobos, Voluntários de São Vicente e Porto Moniz, Sapadores do Funchal e Municipais de Machico.

O vento continua a soprar muito forte e, tal como o DIÁRIO já avançou, vários palheiros já foram consumidos pelas chamas, estando a população a ser aconselhada a abandonar as casas.

Na manhã desta terça-feira, a Polícia Judiciária esteve no local, dados os indícios de se tratar de fogo posto.