Avião da TAP divergido acabou por aterrar de emergência em Porto Santo

Aeronave havia feito duas tentativas de aterragem no Aeroporto Internacional da Madeira

12 Set 2019 / 20:07 H.

O segundo avião da TAP que esta tarde divergiu para Porto Santo, acabou por fazer uma aterragem de emergência naquele aeroporto, depois de duas tentativas de aproximação falhadas ao Aeroporto Internacional da Madeira – Cristiano Ronaldo.

O A320 que fazia o voo TP 1687 tinha chegada prevista ao Funchal pelas 17h50, mas só viria a aterrar pelas 18h30, em Porto Santo, depois de ter enfrentado os ventos fortes que têm fustigado a zona do Aeroporto, que hoje já registou rajada de até 73 km/h.

A companhia aérea nacional acaba de confirmar ao DIÁRIO a aterragem de emergência na ‘ilha dourada’, sem contudo especificar o problema técnico na origem da decisão.

“A TAP confirma que o voo TP1687 com destino ao Funchal divergiu para o Porto Santo depois de duas tentativas de aterragem no Aeroporto Internacional da Madeira, devido a ventos fortes que se faziam sentir na altura. Após a decisão de divergir para Porto Santo foi declarada emergência por questões técnicas. Foram cumpridos todos os procedimentos de segurança. A aterragem decorreu com toda a tranquilidade, estando os passageiros a ser acomodados em unidades hoteleiras da região (Porto Santo), sendo posteriormente transportados para o Funchal noutros voos da Companhia”, revelou a directora de comunicação, Rita Tamagnini.