Alerta da ARAE para brincos que representam risco químico

27 Mar 2020 / 15:08 H.

A Autoridade Regional das Actividades Económicas (ARAE) recebeu uma notificação de alerta, através de um sistema internacional, relativa a um par de brincos prateados, cujo nome presente na embalagem é ‘Creolen’. Devido ao risco químico, a ARAE pede para que os potenciais consumidores na Madeira não utilizem este produto.

De acordo com a autoridade madeirense, os brincos fabricados pela empresa ‘Grand International Trading Co.LTD” (China), “representam um risco químico, dado que foi detetada a libertação de níquel (Ni) (alérgeno comum que causa a dermatite de contacto em indivíduos sensibilizados), em níveis superiores ao legalmente permitido, encontrando-se, portanto, em incumprimento com o ponto 27 do anexo XVII do Regulamento (CE) n.º 1907/2006, de 18 de Dezembro, relativo ao registo, avaliação, autorização e restrição de substâncias químicas (REACH)”.