20 bombeiros chamados para apagar pequeno incêndio causado por sem-abrigo

14 Fev 2020 / 20:54 H.

Um total de 20 bombeiros pertencentes às duas corporações de bombeiros do Funchal (Sapadores e Voluntários) foram esta noite accionados para combater um pequeno foco de incêndio num prédio que está, aparentemente, em obras, nomeadamente na Rua do Ribeirinho de Baixo (junto ao Anadia), tendo os ‘soldados da paz’ acabado por extinguir o fogo.

A missão acabou por se revelar menos grave do que aparentava aos primeiros indícios, dado que o cheiro a fumo foi espoletado pelo facto de alguns indigentes terem queimado cartões que se encontravam no interior do referido local.

Para esta ocorrência, foram assim canalizados um total de 11 elementos por parte dos Bombeiros Sapadores do Funchal, ao passo que os outros nove pertenciam aos Bombeiros Voluntários Madeirenses. Auto tanques, ambulâncias e ainda veículos com meios elevatórios estiveram presentes nesta artéria provocando um grande aparato e encerrando momentaneamente a rua.

Entretanto, a Brigada de Intervenção Rápida (BIR) da Polícia de Segurança Pública (PSP) foi também requisitada e alguns elementos desta força entraram no prédio para tentar interceptar os indigentes.

Recorde-se que há cerca de um ano, mais concretamente a 23 de Fevereiro de 2019, um grupo de cinco sem-abrigo alegadamente incendiaram o edifício da Insular de Moinhos, no Funchal.