Não perca, este sábado, às 21h, o filme “Santiago, Itália” no Forum Madeira!

Um filme cuidadosamente seleccionado pela equipa do Screenings Funchal.

08 Out 2019 / 12:00 H.

O Forum Madeira acolhe uma parceria inédita em Portugal chamada Screenings Funchal, onde nos Cinemas NOS é exibido todos os sábados, deste mês de outubro, às 21:00, um filme cuidadosamente selecionado pela equipa do Screenings. Esta parceria permite que se desfrute, na cidade do Funchal, do melhor do cinema e nas melhores condições de exibição que só os Cinemas NOS conseguem proporcionar.

Não pode perder, este sábado, dia 12, “ Santiago, Itália”, de Nanni Moretti, um filme documentário que conta, através das palavras dos protagonistas e de diverso material da época, os meses que se seguiram ao golpe de estado de 11 de setembro de 1973, o qual pôs fim ao governo democrático de Salvador Allende no Chile.

Concentrando-se em particular no papel da embaixada italiana em Santiago, que deu abrigo a centenas de opositores do regime do general Pinochet, permitindo-lhes chegar a Itália. Nanni Moretti, numa obra que talvez fale mais do presente do que do passado, presta clara homenagem à atitude que a Embaixada de Itália teve, na altura, para com os refugiados políticos.

Recorda-se que, no passado sábado, foi exibido o filme “ Parasitas”, do sul coreano Bon Joon-ho, um filme que conquistou a Palma de Ouro na última edição do Festival de Cannes.

Em “Parasitas”, conhecemos Ki-taek, que tem uma família unida, mas estão todos desempregados e as suas perspectivas futuras são negras. O filho Ki-woo é recomendado por um amigo, que frequenta uma prestigiosa universidade, para dar explicações bem pagas, o que vem desencadear a esperança de um rendimento regular na família. Este primeiro encontro entre as duas famílias vai provocar uma imparável cadeia de incidentes. Um filme de difícil classificação, que mistura humor negro com sátira, crítica social e suspense. Uma alegoria honesta acerca dos obstáculos de coexistência que enfrentamos num mundo onde a polarização económica e desigualdade parecem se agravar cada vez mais.

Até ao final do mês estão prometidos mais dois filmes, a exibir sempre no mesmo horário e com as melhores condições de exibição que só os Cinemas Nos conseguem garantir.

Outras Notícias