Embalagens da Coca-Cola passam a ser todas vermelhas e 100% recicláveis

Marca dá novo passo na estratégia de marca única

22 Jan 2019 / 16:13 H.

Três anos depois de ter iniciado uma mudança estratégica na marca, unindo todas as suas bebidas numa marca única e numa única identidade visual, a Coca-Cola dá, em 2019, um novo passo neste trajecto com uma nova imagem, assente na icónica cor vermelha. “Uma cor para todos os gostos” é o mote para a nova campanha da Coca-Cola que celebra a emblemática cor da marca para destacar que, qualquer que seja a opção escolhida, o consumidor terá o sabor inconfundível de sempre.

Com este passo estratégico, as variedades Coca-Cola Sabor Original, Coca-Cola Sem Açúcar, Coca-Cola Sabor Light e Coca-Cola Sem Cafeína Sem Açúcar passam a contar com um novo design, que estará presente nas diferentes embalagens já a partir deste mês, e que é apresentado no novo anúncio da marca.

O anúncio de 10 segundos, da autoria da McCann Madrid, explica de forma simples a transformação na imagem, recorrendo a uma analogia com livros animados.

Para explicar aos portugueses o que muda, a marca vai ainda desenvolver uma campanha multimeios com presença nos canais próprios da marca, redes sociais, grandes formatos de outdoor e visibilidade nos metros de Lisboa e Porto e elétricos.

Contando com o mesmo sabor de sempre, o consumidor pode identificar mais facilmente a variedade de Coca-Cola que prefere através da cor correspondente, presente na faixa superior: Coca-Cola Sabor Original (vermelho), Coca-Cola Sem Açúcar (preto), Coca-Cola Sabor Light (prateado) e Coca-Cola Sem Cafeína Sem Açúcar (dourado). Nas garrafas, será possível, do mesmo modo, identificar com facilidade a bebida de Coca-Cola desejada através da cor da tampa da garrafa.

Decorrente desta evolução e para tornar ainda mais clara a informação disponibilizada ao consumidor, a Coca-Cola introduz novas denominações nas suas variedades. Coca-Cola Zero Açúcar é agora denominada Coca-Cola Sem Açúcar, Coca-Cola Light é intitulada Coca-Cola Sabor Light e a Coca-Cola Zero Açúcar Zero Cafeína é designada Coca-Cola Sem Cafeína Sem Açúcar.

O compromisso com o ambiente é uma das prioridades da Companhia, estando reforçado no novo design. Todas as suas embalagens são 100% recicláveis e salientam o compromisso global da Companhia em recolher e reciclar, até 2030, o equivalente a todas as latas e garrafas que comercializou.

Tiago Lima, Diretor de Relações Externas da The Coca-Cola Company para Portugal, afirma que “entramos no novo ano de 2019 com uma estratégia refrescante para a marca, um novo passo que materializa a estratégia iniciada em 2016 de marca única. Com esta nova etapa, mantemos a essência da Coca-Cola, reforçamos os elementos icónicos e os seus valores diferenciadores, com uma aposta clara em celebrar a icónica cor vermelha em qualquer uma das opções da família Coca-Cola, sempre com o consumidor em primeiro lugar”.

O legado da cor vermelha

Presente há mais de 130 anos na marca, a cor vermelha remonta às suas origens. A campanha visual mais antiga da Coca-Cola, denominada “Coca-Cola Delicious and Refreshing” (“Coca-Cola Deliciosa e Refrescante”) foi desenvolvida, a nível visual, com letras vermelhas sobre um fundo branco. Foi a partir desse momento que o vermelho foi adotado como a cor dominante da Coca-Cola.

Em 1948, a introdução do famoso disco vermelho da Coca-Cola ajudou a solidificar a conexão entre a marca e a cor.

Agora, em 2019, a cor está mais intensa e presente do que nunca, numa campanha que celebra o seu legado e história.