Alberto João Jardim participa na longa metragem ‘Cartas de Fora’

É a segunda vez que o ex-presidente do Governo Regional da Madeira encarna o papel de actor

17 Fev 2019 / 15:19 H.

A produção da longa metragem madeirense ‘Cartas de Fora’, conta com mais uma participação no elenco cinematográfico. Trata-se de Alberto João Jardim, ex-presidente do Governo Regional da Madeira que encarna a personagem Joaquim.

Joaquim é um homem de condição social humilde que se encontra acamado, fruto da vida difícil porque passou enquanto rocheiro , tarefa desenvolvida nos abismos da serra outrora rasgada para a construção de levadas.

Alberto João Jardim participou nesta sexta feira, dia 15 de Fevereiro, em duas cenas distintas, ambas de interior, numa habitação antiga, situada na Primeira Lombada – freguesia da Ponta Delgada, estando a contracena a cargo de Lígia Brazão, Presidente do Lions Club Madeira.

A exemplo do sucedido no decurso das filmagens do Feiticeiro da Calheta, anterior trabalho do realizador Luís Miguel Jardim, o ex-presidente “voltou a mostrar os seus dotes de representação, alicerçados numa enorme à-vontade e capacidade de improviso, o que por vezes dificultou a respectiva contracena na ‘deixa’ que serviria de mote para a resposta”, explica o produtor e realizador, Miguel Jardim.

No seu habitual registo, Alberto João voltou a recusar-se a repetir ‘takes’, tendo mesmo chegado a dar a ordem de corte de cena num deles, gerando algumas gargalhadas.

O filme situa-se temporalmente em meados do seculo XX, tem João Augusto Abreu como actor principal e pretende constituir “uma justa homenagem a todos aqueles que trabalharam na edificação dessa obra épica e de rara beleza que é a rede de levadas que serpenteia os vales e montanhas da Ilha da Madeira”, revela em comunicado o realizador.

A vida difícil das bordadeiras, o cultivo da vinha e a emigração são outras das temáticas tratadas nesta longa metragem inteiramente regional e que envolve cerca de 250 pessoas.

Neste fim-de-semana intenso de filmagens que marcou o final do processo de captação de imagem, participaram igualmente outras figuras públicas da Região, como Ireneu Barreto, representante da República para a Madeira, Humberto Vasconcelos, Secretário Regional da Agricultura e Guida Vieira, dirigente e fundadora da União dos Sindicatos do Arquipélago da Madeira (USAM).