9.º Festival de Órgão da Madeira arranca amanhã na Igreja do Colégio com Matthias Havinga

O evento apresenta-se “enriquecido” e “renovado” na sua temática e, pela primeira vez, é alargado ao Porto Santo

18 Out 2018 / 17:39 H.

A 9.ª edição do Festival de Órgão da Madeira, evento organizado pelo Governo Regional através da Secretaria Regional do Turismo e Cultura, arranca amanhã, dia 19 de Outubro, pelas 21h30 horas, na Igreja do Colégio, num Concerto que assume ainda maior relevância ao assinalar o 10º aniversário da construção do grande órgão da referida Igreja.

Integralmente dedicado a Johann Sebastian Bach e correspondendo ao século XVIII, este Concerto será executado por um dos mais aclamados organistas europeus, Matthias Havinga.

Integrado nas Comemorações alusivas aos 600 Anos do Descobrimento das Ilhas, o Festival de Órgão da Madeira apresenta-se, nesta sua 9.ª edição, “enriquecido nos seus conteúdos, renovado na sua temática e, pela primeira vez, descentralizado ao Porto Santo”, salienta a Secteriaia do Turismo para uma maior aposta na sua valorização e projecção.

Em matéria de novidades, para além da sua extensão ao Porto Santo, a própria temática deste Festival ’Seis séculos de música para órgão’ resulta de uma encomenda específica do Governo Regional, levada a cabo junto da Direcção Artística do evento, que se mantém no Prof. João Vaz, assinala os 600 Anos e possibilita que, neste ano e no próximo, cada Concerto seja dedicado a um século específico (do século XV ao XXI).

O Festival de Órgão da Madeira integra, pela primeira vez, uma componente formativa e de interacção com a comunidade, na sequência do sucesso registado aquando da Festa do Vinho com o projecto ‘Danças com História’, estando programados 3 Master classes, gratuitos e abertos à população, com a presença dos organistas, que decorrerão no dia 20 de Outubro (entre as 9h e as 11 horas, na Igreja do Colégio), no dia 25 de Outubro (entre as 9h e as 12 horas, no Convento do Bom Jesus) e, finalmente, no dia 29 de Outubro (entre as 9h e as 12 horas, no Convento de Santa Clara).

Quanto aos Concertos propriamente ditos, este Festival contempla, no total, 11 Concertos, em 10 Igrejas/Conventos, envolvendo 7 organistas numa viagem pelo repertório de seis séculos de música de órgão que ligarão, numa semana, os concelhos do Funchal, Machico, Ponta do Sol e Porto Santo.

Recorde-se que a entrada é livre em todos os eventos do Festival.

Outras Notícias