Mundo

ONU felicita novo Presidente da Colômbia por empenho na paz e direitos humanos

António Guterres, secretário-geral da ONU
António Guterres, secretário-geral da ONU

O secretário-geral da ONU, António Guterres, felicitou hoje o novo Presidente da Colômbia, Gustavo Petro, salientando o empenho deste na paz, na proteção dos direitos humanos, na igualdade de género e na luta contra as alterações climáticas.

Guterres, através do seu porta-voz, manifestou a Petro e à sua nova administração o apoio das Nações Unidas na abordagem destas questões.

"O secretário-geral felicita o Presidente Petro pela sua tomada de posse e congratula-se com o empenho do Presidente em aprofundar e expandir a paz, promover e proteger os direitos humanos e a igualdade de género, promover o desenvolvimento inclusivo, proteger o ambiente e contribuir para a luta contra as alterações climáticas", disse aos jornalistas o porta-voz Stéphane Dujarric.

Também apoiou a promessa de Petro de implementar plenamente o acordo de paz com as FARC e a política de "paz total", que vai desde o recomeço do diálogo com a guerrilha do Exército de Libertação Nacional (ELN) até à responsabilização judicial de outros grupos.

A ONU tem sido um dos principais apoiantes do processo de paz colombiano, com total apoio político do Conselho de Segurança e assistência técnica no terreno por parte da organização.

As Nações Unidas têm atualmente uma missão na Colômbia para verificar a reincorporação política, económica e social dos antigos combatentes das FARC e as garantias de segurança para os mesmos, as respetivas famílias e comunidades.

No discurso de tomada de posse no domingo, Petro apelou à unidade da Colômbia e da América Latina e à busca da paz com os grupos armados.

O político de esquerda também anunciou grandes reformas, incluindo uma reforma fiscal, centrada em questões sociais, criticou a falta de unidade nos países latino-americanos e disse que iria trabalhar "para alcançar uma paz verdadeira e definitiva" que garantisse "uma vida justa e segura".