Madeira

Concurso Nacional de Leitura premia aluna da 'Francisco Franco' com 2.º lugar

Foto DR
Foto DR

Matilde Brazão, aluna da Escola Secundária de Francisco Franco, alcançou o 2.º lugar na final nacional da XV edição do Concurso Nacional de Leitura, categoria 'Ensino Secundário', que decorreu no sábado passado na sala de eventos do Inatel, Costa da Caparica, Almada.

A estudante da 'Francisco Franco' conquistou a distinção dos cinco elementos do júri com a leitura expressiva e argumentação do excerto poético "Há-de flutuar uma cidade no crepúsculo da vida", de Al Berto (antologia 'O Medo').

A jovem finalista de Línguas e Humanidades da 'Francisco Franco' representou a Região Autónoma da Madeira neste concurso de leitura que registou a participação de mais de 7.500 alunos, depois de ter passado por várias fases de seleção: escolar, regional e nacional.

Na fase nacional, antes da prova de palco, os concorrentes foram submetidos a uma prova escrita de pré-seleção online e tiveram ainda de, através de um vídeo com a duração de um minuto, criar um spot a recomendar o livro favorito.

Com o objetivo de estimular o gosto e o prazer da leitura, com vista a melhorar o domínio da língua portuguesa, a compreensão leitora e os hábitos de leitura, o Concurso Nacional de Leitura, destinado aos alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, está aberto aos estudantes das escolas do Continente e das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, das redes pública e privada; aos alunos das Escolas Portuguesas no Estrangeiro e aos alunos da Rede de Ensino Português no Estrangeiro do Instituto Camões.