Desporto

Sporting garante entrada directa na fase de grupos da Liga dos Campeões

Foto Lusa
Foto Lusa

O Sporting assegurou hoje o apuramento direto para a fase de grupos da edição 2021/22 da Liga dos Campeões de futebol, depois de vencer o Rio Ave por 2-0, em jogo da 31.ª jornada da I Liga portuguesa.

Com esta vitória, o Sporting, que lidera o campeonato com 79 pontos, garantiu um dos dois primeiros lugares do campeonato, uma vez que tem 13 pontos de vantagem em relação ao terceiro classificado, o Benfica (66), que tem apenas 12 pontos por disputar nos quatro jogos que lhe faltam.

Os dois primeiros classificados da I Liga garantem a entrada direta na 'Champions', enquanto o terceiro vai disputar a terceira pré-eliminatória, de modo a tentar assegurar uma terceira vaga lusa na fase de grupos.

O Sporting regressa à fase de grupos da 'Champions', na qual esteve pela última vez na época na época 2017/18, então treinado por Jorge Jesus, atual treinador do Benfica, beneficiando assim de um importante encaixe financeiro pela entrada na competição mais importante de clubes na Europa.

Desde que o modelo da Liga dos Campeões foi alterado, os 'leões' estiveram presentes por oito vezes na fase de grupos (1997/98, 2000/01, 2006/07, 2007/08, 2008/09, 2014/15, 2016/17 e 2017/18), somando na próxima época a nona participação, tendo, em apenas uma ocasião, avançado para a fase a eliminar.

Em 2008/09, o Sporting terminou em segundo no seu grupo, atrás dos espanhóis do FC Barcelona, que acabaram por vencer a competição, e à frente dos ucranianos do Shakhtar Donetsk e dos suíços do Basileia, e foi apurado para a fase seguinte.

Nos oitavos de final, os 'leões' apanharam pela frente os alemães do Bayern Munique e foram vergados a duas pesadas derrotas (5-0 em casa e 7-1 na Alemanha), naquela que ainda é a eliminatória mais desequilibrada (1-12) nesta fase da competição.

Nas épocas 1997/98, 2007/08, 2014/15 e 2017/18, os 'leões' terminaram no terceiro lugar do grupo, enquanto nas temporadas 2000/01, 2006/07 e 2016/17 ficaram em último.

O terceiro lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões das épocas 2014/15 e 2017/18 relegou o Sporting para a Liga Europa.

Leões batem recorde de invencibilidade na I Liga

O Sporting bateu hoje o recorde da I Liga de futebol de jogos consecutivos sem perder na mesma época, ao chegar aos 31 com um triunfo no reduto do Rio Ave (2-0), na 31.ª ronda da edição 2020/21.

Com 24 vitórias e sete empates, o conjunto de Rúben Amorim logrou o que nenhuma outra equipa de qualquer clube tinha conseguido na história da prova, sendo que esta é apenas a 26.ª vez, em 87 edições, que a prova tem mais de 30 rondas.

Na ronda anterior, com um triunfo por 2-0 na receção ao Nacional, o Sporting já tinha igualado os registos de Benfica (1972/73 e 1977/78) e FC Porto (2010/11 e 2012/13), que tinham acabado invictos quatro campeonatos a 16 equipas.

Em campeonatos com mais de 30 rondas, o recorde pertencia ao FC Porto, que, em 1987/88, época em que venceu a Taça Intercontinental, a Supertaça Europeia, o campeonato e a Taça de Portugal, só perdeu a invencibilidade à 29.ª jornada.

Depois de 21 vitórias e sete empates nos primeiros 28 jogos, os 'dragões' perderam por 2-1 em Alvalade, em 09 de abril de 1988, culpa dos golos de Paulinho Cascavel e Mário Jorge, contra um de Jorge Plácido. Seria o único desaire, em 38 embates.

Nas anteriores 22 edições com 34 rondas, o máximo também era do FC Porto e datava de 2003/04, época em que os comandados de José Mourinho estiveram 27 jogos sem perder, até caírem no reduto do Gil Vicente, em embate da 29.ª ronda -- tinham um jogo em atraso.

Gaspar, aos 64 minutos, e Luís Coentrão, aos 67, selaram o triunfo do conjunto de Barcelos, que recebeu os 'dragões' no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Em 2020/21, o 'onze' de Rúben Amorim bateu todos os registos de invencibilidade numa época e também o seu recorde de jogos consecutivos sem perder, os 29 sob o comando de Fernando Vaz, entre as temporadas de 1969/70 e 70/71.

Os 'leões' não perderam nenhum dos últimos 16 jogos da época 1969/70 (11.ª à 26.ª jornadas) e também se mantiveram invictos nos primeiros 13 de 1970/71 (primeira à 13.ª), até 'tombarem' na receção ao Barreirense (0-1).

No início do século XXI, entre as épocas 2001/02 e 2002/03, o Sporting, do romeno László Bölöni, esteve perto de igualar este recorde, ao chegar aos 28 jogos sem perder, antes de, em 16 de setembro de 2002, cair com grande 'estrondo' em Paços de Ferreira (0-4), muito por culpa de um 'hat-trick' de Mauro.

Desta vez, os 'leões' já vão em 31 jogos sem perder e podem tornar-se a primeira equipa a acabar invictos um campeonato com mais de 30 jornadas.

Se o conseguir, o Sporting ainda ficará muito longe do recorde de invencibilidade dos outros 'grandes' em mais do que uma época, já que o Benfica esteve 56 jogos sem perder, entre 1976/77 e 1978/79, e o FC Porto 55, entre 2009/10 e 2011/12.

Para bater os dois recordes, os 'leões' teriam de acabar a presente temporada sem derrotas e, depois, não perder em nenhuma das primeiros 22 rondas do campeonato de 2021/22.